Agustina Bessa-Luís

.

Agustina Bessa-Luís, um dos maiores nomes da literatura portuguesa, comemora hoje 92 anos de vida. Desde a sua estreia em 1948, entre romances, contos, ensaios, aforismos, livro de crônicas, textos dramáticos, livros de viagens, biografias e escritos avulsos, essa escritora já conta com mais de 70 obras assinada.

Comparada aos seus patrícios, José Saramago e Antônio Lobo Antunes, ela é uma ilustre desconhecida do distinto público brasileira. As razões para isso não poderiam ser outra, preferimos antes os grandes embustes impingidos pelo mercado, a obras de engenharia humana divorciadas do puro interesse comercial.

O professor Alcir Pécora, entusiasta da escrita de Bessa-Luís, a considera muito superior a José Saramago e António Lobo Antunes, dois dos mais prestigiados autores portugueses entre nós. No entanto, a presença de Agustina ainda é inexpressiva nas universidades, centros acadêmicos, livrarias e outros. Pécora aponta algumas das possíveis razões para esse ocultamento de Agustina: "talvez falte mais conhecimento efetivo da literatura portuguesa e menos contato apenas por meio de agentes internacionais, que sempre vendem o mesmo peixe".

Um comentário: