Propósitos e explicações

Meu propósito inicial com a criação desse blog é o de dar vida a um espaço onde eu possa partilhar interesses comuns com outras pessoas. Há anos venho escrevendo diários que se silenciam nas gavetas de meu armário, ou tenho segredado coisas às paredes do meu quarto, desejando sempre torna-las públicas, afim de que elas ganhem vida própria e dialoguem com seu criador, ao menos o necessário.

Escrevendo nesse espaço tenho a chance de comungar comigo mesmo e ao mesmo tempo trocar idéias e impressões sobre literatura, música, cinema e atualidades do mundo e da minha província.

Ainda aguardo a oportunidade de fazer novos amigos, que tenham ou não os mesmos interesses literários, musicais e cotidianos. O mundo seria realmente muito chato se os interesse e gostos fossem comuns a toda gente e não houvesse o contrário, o contraditório, o conciliador, o desdenhador, o sentimental, a emotiva e as diversas engrenagens que compõem essa complexa e eficiente máquina chamada raça humana.

Ao tempo em que pesa essas confissões e desejos eu imaginava se seria capaz de dar conta de escrever diariamente. Não serei o poeta de todos os dias, porque nem todos os dias é dia de poesia, mas também não me ausentarei por longo tempo.

Outro, dos tantos propósitos desse blog, é o de impor-me uma disciplina e uma rotina no trato com as palavras. O exercício de ler e de ruminar os pensamentos literários enche-nos de um desejo incontido de ouvir nossa própria voz, mesmo que essa seja, aparentemente, rouca e gaga. De modo que assim preencho essa lacuna que há anos me domina e me obrigo a fazer o que mais quero.

O nome escolhido para o domínio desse blog, vem de um hábito que por mais que eu tente me desvencilhar não me larga nunca. A palavra sestro significa justamente isso, vício, hábito, cacoete, mania. Escolhi esse nome para me lembrar de que tenho de criar outras habilidades e esquecer, ou me livrar, das velhas e incomodas manias de sempre.

Lancei meu barco no mar e pouco a pouco dou minhas primeiras remadas.

6 comentários: